Frank vs Matt A jornada real do empreendedor online

Escrito por

Compartilhar isso

Quer desvendar os Segredos para fazer muito dinheiro online? Calma… Você precisa ler esse artigo antes pra não acabar se perdendo.

Muitos empreendedores hoje (como eu e talvez você) entraram no mundo do Empreendedorismo de fato graças a Internet,  onde o futuro só nos guarda coisas maravilhosas (mas ainda incerto com as grandes mudanças acontecendo constantemente)

Muitas pessoas que tentam criar um negócio no modelo online tem as melhores intenções do mundo no início e alguns conseguem ótimo resultados (ficam mi e bi lionários com isso).

No entanto muitos (90%) acabam entrando em uma armadilha no mundo de negócios online, não conseguindo os resultados esperados para elas por causa de muito barulho, dúvida e promessas irreais que ocorre nesse universo, apesar dos resultados e fama visíveis de empreendedores alcançando sucesso

E olha só, eu enfim encontrei um artigo que pode te preparar para as armadilhas (hyipes, esquemas, pirâmides, óleos de cobra) que você encontra no universo do FDO (fazer dinheiro online), e talvez aumentar suas chances de alcançar sucesso como empreendedor digital.

Talvez a leitura desse artigo te dê uma vantagem maior na sua aventura para construir um negócio online de Sucesso em relação a outras pessoas, te colocando no caminho certo.

O mérito de compartilhar esse artigo não é meu. Créditos 100% para o autor real dele.

Esse texto é uma adaptação e tradução do português que eu fiz do artigo de uma das pessoas que eu conheci nesse ano de 2017 e me impressionou com seu trabalho em email marketing (pois é, o artigo é tão bom que eu tive que traduzir com minhas próprias mãos, pois de fato o cara é um total mestre no marketing através da caixa de entrada e vem fazendo negócios incríveis com isso). André Chaperon (uma salva de palmas !!!!)

E porque eu estou compartilhando esse artigo sobre negócios online com você? Logo aqui onde o nosso foco é autoaprendizado empreendedor?

Obviamente…

#1. Você vai se deparar com muitos cursos de enganadores que se auto intitulam Gurus por aí que vão te fazer perder tempo sobre o assunto e aprender errado sobre Negócios online. (é até negócios no geral)

#2. Se você tem um negócio de qualquer modelo você vai passar e executar hoje muitos processos para o mundo digital conforme a economia e o mercado muda, voltado a inovações tecnológicas nesse espaço.

#3. Usar marketing digital para promover seu negócio envolve muito entendimento sobre como negócios online operam. Poder de fato fazer mais dinheiro através de novos clientes nessa plataforma é uma das recompensas.

#4. Se você já é mais experiente com o mundo dos negócios online sabe dos esquemas que os famosos “gourouus”  te propõe e te ofertam, e de alguma forma as verdades que você descobre sobre o assunto acabaram te desmotivando… Esse artigo pode ser sua esperança.

#5. Construir um negócio online lucrativo é possível, porém você precisa operar com senso do que é a realidade, ter completo foco na sua missão, e a mentalidade correta para empreender online e não fazer um trocado aqui e ali com a história da carochinha de “renda passiva” e “dinheiro enquanto dorme” rápido e fácil como te vendem pois não é assim que funciona a criação de nenhum negócio.

#6. Nós somos tudo sobre o seu autoaprendizado no Empreendedorismo, e se esse artigo te fizer evitar e aprender com erros que 90% das pessoas que entram no Empreendedorismo Digital cometem pra fazer um troco, eu conclui minha tarefa de te deixar consciente do que você tem que fazer diferente deles.

E por último mas principal motivo de compartilhar esse artigo com você é que…

#7. Erros e falhas servem para aprendizado e feedback. Tolos aprendem com os próprios erro, os sábios aprendem com os erros dos outros, agora é sua chance de aprender com essa percepção em mente aqui sobre negócios online.

Com vocês André Chaperon…

Frank vs Matt

por André Chaperon

Frank vs Matt é um conceito que eu criei para ajudar demonstrar os dois campos ou categorias (ou modelos) com que nós marketeiros operamos

Apesar de Frank e Matt não serem reais “carne e osso”  vendo o traço das pessoas eles são absolutamente reais e baseados em pessoas reais

Você é parecido com um deles

Qual deles?… Bem, você precisa ler o resto dessa página para descobrir isso.

Mas saiba disso… um deles faz nenhum dinheiro online (nada significante de qualquer jeito) o outro detona

Uma última coisa… Eu não estou vendendo qualquer coisa aqui. Nada, Então pegue um café, se acomode e relaxe

Conheça Frank

Bio do Frank

Esse sou eu, Frank (38) eu sou corretor imobiliário da Florida

… E por fora eu sou Marketeiro da Internet

Bem, eu digo “por fora”, mas eu realmente venho me batendo em Marketing na Internet desde 2008, isso é o que? …eu acho que um pouco mais de 9 anos agora

O que é tipo pra sempre em anos na Internet 🙂

Eu faço muitas coisas diferentes online, difícil de explicar na verdade, eu sou o que você chamaria de “Jack de todos os trades”. Lol :p

— Frank

Conheça Matt

Bio do Matt

Eu sou Matt, um ex loggin-worker de Oregon

… E eu sou fundador da “Você Sexy Ltd”, um negócio baseado na Internet

Como meu amigo Frank, eu estou fazendo essa coisa louca de marketing na Internet desde 2008

O começo foi difícil que foi o inferno. Mas quanto antes eu descobri algumas verdades, ficou muito mais fácil

Eu agora dirijo um negócio online chamado ‘Você Sexy Ltd.‘

Nós servimos várias tribos de mulheres dentro de sub-nichos no mercado de perda de peso e beleza

— Matt

Decisões

Recentemente eu li um livro do antigo Paul Arden (o diretor criativo formado pela Saatchi e Saatchi no auge de suas propagandas)

Uma das coisas que ele escreveu vale a pena mencionar aqui:

Quando você olha pra trás vai ter coisas que você vai regressar

Você fez Decisões erradas

Errado

Você fez a decisão certa

Vida é sobre decisões

1. Eu vou ter o carro prático ou o carro rápido

2. Eu deveria ir para a faculdade ou um emprego

3. Eu vou pegar um vinho, cerveja ou água?

Não importa a decisão que você fez é a única que você poderia fazer

De outra forma você faria uma diferente

Tudo que nós fazemos nós escolhemos

Então o que tem para regressar?

Você é a pessoa que você escolheu ser

Eu vou circular de volta para essa frase no fim. Porque o que eu escrevo vai fazer perfeito sentido. É importante… para você

Mas deixe primeiramente eu explicar a grande DIFERENÇA entre Frank e Matt

Curta História

Veja bem… de volta em outubro de 2003 eu estava sendo jogado profundamente para o fim. Eu era redundante. Como milhões de outros eu me tornara “substituível”

A alguns meses eu vi uma escrita na parede

Rumores estavam circulando. Aquela gestão estava indo escolher um monte de funcionários no final do ano.

Logo ali e aqui… eu tomei a decisão que mudou minha vida

Eu não peguei o caminho seguro, como todo mundo no escritório. Sabe, começar a ver outro emprego, então pular logo quando um era encontrado

Eu certamente não julgo eles. Mas pra mim, eu queria apertar o botão de reset em como eu ganhava a vida.

Eu tinha 29 anos de idade. Eu era tolo e faminto o suficiente para acreditar que era bravo

Então eu tomei a decisão arriscada

Eu tive os culhões para jogar os dados

Eu tinha absolutamente nenhuma ideia que inferno eu iria fazer. Eu só sabia que eu não queria um chefe. Eu não queria viajar a porra de três horas por dia para ir e voltar do trabalho

Então eu estive olhando online

A GRANDE ESCOLHA veio dois meses antes, em 22 de Outubro, 2003

Eu não estava exatamente preparado. Ninguém estava

Mas então, eu acho que olhando pra traz provavelmente eu nunca iria estar completamente preparado

O corte não durou muito. Provavelmente duas horas

Eu não consigo lembrar quantos colegas estavam recebendo suas ordens de marcha

“Obrigado parça, mas nós não precisamos mais de você!.. “

Todos os outros estavam loucos, frustrados, chateados, raivosos… todas as emoções negativas. Eles estavam sentindo todas elas. A companhia estava traindo eles

Mas eu estava feliz

Era estranho. Porque eu supostamente tinha que estar me sentindo como meus amigos e colegas.

Mas eu estava tão feliz quanto Larry

Um peso foi tirado dos meus ombros. O peso de trabalhar para alguém

O próximo dia, 23 de outubro de 2003… Bem, esse foi meu primeiro dia sendo alto empregado… ou estava apenas “fora do trabalho” 🙂

Não importa

Porque isso foi quando a borracha bateu a estrada.

Eu não estava ganhando dinheiro online (ainda). Eu não tinha um modelo de negócio. Eu não tinha um “plano master”. Verdade foi… Eu realmente fodi tudo.

Foi assustador pra caralho

… e isso foi quando sem saber eu comecei a “operarar” como Frank

A função FRANK

Durante meu “período de lua de mel” eu entrei em um monte de lista de email de Gurus do marketing

Então eu estava recebendo ofertas todo santo dia. Três coisas eram 100% certas lá atrás

1. Eu estava fazendo nenhum dinheiro

2. Eu ia morrer um dia

3. Ia ter uma nova oferta de “objeto brilhante” na minha caixa de entrada toda manhã

… e com o pouco de dinheiro que eu tinha no banco, eu entrei em um bacanal de compra

Começou lentamente, porque eu estava quebrado

Talvez uma nova pílula mágica cada mês. Foi como heroína. Eu estava desorientado. Eu constantemente precisava da próxima solução “objeto brilhante”. As grandes promessas de riqueza “aperta botão“ fácil, rápido

Mas cada produto me jogou em uma direção completamente diferente

  • Eu estava fazendo SEO (white hat, Grey hat, black hat camuflado – chame como quiser)
  • Eu estava escrevendo artigos (eu mesmo)
  • Eu estava fazendo entorpecimento mental de construção de link (eu mesmo)
  • Eu estava construindo listas (porque os Gurus disseram que eu deveria)
  • Eu estava dirigindo CPC para ofertas de afiliados (a la Dinheiro Google, Adwords Milagroso, Livro Negro do Adwords)
  • Eu estava criando produtos, reports, entregando livremente (chame como quiser, eu provavelmente estava fazendo)
  • Eu lançava sites (antes que lançar sites era popular)
  • Eu participei na corrida dourada do Adsense (a lá Equalizador de tráfego)
  • Eu alavancava terceirização (mas isso não funcionava porque eu tinha nenhum foco).

Eu estava criando isso, criando aquilo (isso nunca terminava)

… Eu estava girando as rodas. Eu sentia que ia pirar meu cérebro fora de hora. E eu não sentia como se tivesse um negócio real

Eu era um “buscador de oportunidades”. Sobre isso, não duas maneiras (honestamente, eu acho que é onde muitos de nós empreendedores começam nossa jornada no desconhecido)

Meu processo falho parecia algo assim:

… significa que a cada pequena oportunidade que aparecia pra mim, eu iria jogar qualquer coisa que eu estava fazendo naquela hora, e jogar fora em uma tangente enquanto eu explorava a viabilidade da oportunidade

Esse fluxo de trabalho bem rápido virou um CÂNCER enquanto eu jogava o jogo com poucos resultados para mostrar meus esforços

Oportunidades (a percepção de uma oportunidade que vai produzir resultados rápidos e fáceis) no espaço de “fazer dinheiro online” FDO é grande

… é é um câncer

Mas você provavelmente já sabe disso

Eu não estou falando nada de novo

Nossa caixa de entrada pessoal é um lembrete rígido desse fato, em cada e todo dia…

… É como a próxima tática “bala mágica” que perfura nosso espaço da mente e luta por nossa atenção imediata

Antes eu sabia do inferno que acontecia

… Eu estava um ano fazendo essa coisa de marketing online

Resultados?

Miseráveis

Pior ainda…

Modelo de negócio?

Nem uma pista

Isso foi um ano inteiro perdido. Então eu larguei por falta de experiência.

Isso foi 2004, a uma vida atrás

Eu era mais viciado em 2005. Eu senti ter aprendido por meus erros amadores antigos. Eu tinha meus calos agora.

Eu não vou “ir direto” em toda oportunidade que inevitavelmente se apresentaria para mim.

Eu iria ser mais seletivo

Eu estava errado

Eu entrei em uma campanha massiva de SEO onde eu seguia o modelo de negócios de James Martell de construir sites de conteúdo.

Eu por recursos próprios fiz toda a operação quase tudo eu mesmo.

Eu escrevi todos os artigos eu mesmo. E sentia que eu estava me dando dano cerebral

Eu provavelmente estava

Ao mesmo tempo. Eu estava vendendo um produto de informação que eu tinha criado (multitarefas: outro erro) e fazendo tráfego via PPC.

Eu também estava criando páginas de pré-venda, e jogando o jogo de marketing de afiliado também.

2005 terminou e eu estava F###DIDO

Resultados?

Melhores. Mas continuavam bosta (em termos do meu potencial). Eu estava ganhando entre $2K e $3K por mês. Para o Trabalho que eu estava colocando, isso não colou.

Modelo de negócio?

Não realmente – eu estava “masturbando tudo” e eu continuava com o foco de uma criança de 3 anos.

Então 2006 rolou por água abaixo. No tempo Google colocou um fim para a corrida dourada do Adsense

… e eu tive uma epifania

… as fichas caíram

Eu descobri que a “função” que eu operava era como Frank (apesar de não ter definido como “Frank”)

… e eu tinha provavelmente maximizado o potencial do que um Frank poderia ganhar (consistentemente)

A função do Matt

Um Matt opera completamente diferente de um Frank

Matt “administra” sua atração por objetos brilhantes. Ele não é viciado. Ele consegue controlar o que ele compra e o que ele escolhe ignorar

Sua atenção é mais seletiva e focada.

Ele valoriza seu tempo

DO do Matt parece como algo assim:

Matt não cria fazedores de dinheiro isolados. Não é como ele vê o que ele faz.

Matt constrói ativos… ativos de longo prazo, isso ele pode escalar com o tempo

Matt constrói um negócio

Matt serve uma necessidade de uma tribo restrita e específica (bolso de pessoas)

Matt não é tudo para todas as pessoas

Nós agora fazemos negócios em uma era onde é muito melhor ser tudo para o alguém certo, do que tentar oferecer algo para todo mundo (a lá marketing para massas, que por falar nisso, nós estamos saindo da era onde a massa importa).

No segundo que eu mudei minha mentalidade (e percepção do que eu estava fazendo), mudança positiva aconteceu, quase instantaneamente

Eu me tornei um Marketeiro mente-restrita

Eu foquei em construir um negócio real porque eu tinha clientes recorrentes

Clientes recorrentes são a espinha dorsal – o sangue da vida, de todo negócio bem sucedido

O que eu fiz desse dia em diante – o momento da epifania – foi operar bem mais focado e mais estratégico.

Como um afiliado, eu construí uma tribo de seguidores (muitos continuam comigo até hoje)

Fato é, eu me estabeleci no início como A ÚNICA SOLUÇÃO VIÁVEL (da perspectiva deles) para um problema, um desafio, uma questão, ou uma oportunidade em suas vidas (a lá Estratégia da Preeminência de Jay Abraham)

Eu me posicionei como o conselheiro mais confiável deles

Fiduciário deles

A mudança em pensamento é um virador de jogo

É sobre entregar valor de cara, ANTES de qualquer dinheiro mudar de mãos. Eu realizei que conteúdo é rei.

Produtos pararam de ser commodities. Eles são soluções para problemas

Grande diferença

Diferença MASSIVA

Eu via todos com quem eu queria fazer negócios, completamente diferente de todo mundo.

Eu pontuei em decidir que não ia esperar que o dinheiro mudasse de mãos antes de eu começar a contribuir, guiar, aconselhar e proteger eles.

… porque é isso que um fiduciário faz. Eles protegem e eles criam valor para os estranhos. Foi um mudador de águas.

No final de 2006 eu tinha meses de $20K. Caramba, eu ainda tive $70K (líquido) mês. Grande diferença de um ano atrás onde eu estava pelejando demais para ganhar $3K

Eu ensinei outros a fazer o mesmo. E os resultados que eles tiveram foram incríveis (E até um pouco inesperado para alguns)

Conclusão

Um Frank vê oportunidades como eventos – onde resultados são, na melhor, um fogo de palha

Um Frank é um “Jack de todos as trades e mestre de nada”. Isso é como Frank vive

Cada “objeto brilhante “ é a grande resposta – o botão de reset – para uma nova vida. Mas, com certeza, isso é apenas uma ilusão definida pelos Gurus.

Os Gurus sabem como um Frank opera. Então eles escrevem copy especificamente para os Frank’s do mundo…

… Copy que aje como um Frank “armadilha de vênus voadora“

O resultado é sempre inevitável e previsível

Matt é diferente

Um Matt sabe que construir um negócio é um processo, não um evento

É algo que foi trabalhado continuamente

A estrada a frente não é fácil. Claro que não. Nem um pouquinho. Requer disciplina de porco e determinação

Um Matt é focado em criar valor para uma audiência. Provendo soluções tangíveis para um problema real que vale a pena resolver

Matts estão todos a sua volta. De líderes no topo das corporações Fortune 500, para startups enxutas por recursos próprios operando na garagem.

Começa com a mentalidade certa (qualquer um consegue pensar assim). É executado através do desenvolvimento de cliente (criando produtos e soluções que pessoas realmente querem)

Eu provavelmente já disse o suficiente. Eu tenho certeza que você pegou o ponto agora.

Mas eu vou dizer isso pra finalizar

Tem diferentes “camadas” para ambos Frank e Matt.

Alguns Frank’s são (muito) fazedores de conteúdo como função de Frank. Eles buscam o raio de heroína de uma nova pílula mágica

Quando eles ganham $500 (uma vez), eles veem isso como uma grande vitória. Eles ficam felizes. E preparados pra ir em frente

Mas se bomba, e isso quase sempre acontece, eles são lobos chorões …

Pegam reembolso

… e reclamam em fóruns onde milhares de outros Frank’s se encontram. Eles se sentem confortáveis em um pacote de Franks

Alguns Frank’s conscientemente sabem que são Frank… e eles querem mudança. Mas normalmente, eles não sabem (ainda) como. Eles vão ser um Matt, se eles apenas soubessem como.

Ainda existe esperança para esses Franks

Matt’s constroem negócios. Alguns Matts constroem negócios de 6 dígitos. Alguns 7 dígitos. Outros 8, 9 e 10 dígitos por mês

… mas a essência de um Matt é sempre a mesma. Construir um negócio é um processo.

Os Matt’s mais bem sucedidos são aqueles que

  • Criam valor real para os estranhos (Microsoft cria produtos para o público das massas. As pessoas normais no meio da curva. Apple faz o oposto eles criam produtos de nicho apenas para os estranhos. E em termos de compartilhamento de mercado, eles agora são a companhia mais valiosa na Terra)
  • tem uma abordagem centrada no cliente para negócios (Zappos sendo um exemplo clássico)

… e o traço mais raro de todos de Matt, verdadeiros e grandes empreendedores não entram nessa pra fazer dinheiro (como seu motivador primário) mas para mudar o mundo.

Mais recente, fundador do Facebook e CEO Mark Zuckerberg destacou sua filosofia pessoal – aquela que ele diz que vai guiar a companhia pra frente

Foi um manifesto do século 21 para uma nova maneira de fazer negócios. Nisso ele diz:

  • Nós não construímos serviços para fazer dinheiro, nós fazemos dinheiro por fazer serviços melhores.
  • Nós não acordamos pela manhã com o objetivo primário de fazer dinheiro…
  • Nos dias atuais eu acho que mais e mais pessoas querem usar serviços de companhias que acreditam em algo além de simplesmente maximizar lucros.
  • Focando na nossa missão e criando ótimos serviços, nós acreditamos que vamos criar o maior valor para nossos shareholders e parceiros no longo prazo…

Consequentemente, o efeito por fora de “mudar o mundo” (a melhoria dos outros) é tipicamente um grande carregamento de dinheiro.

Para melhor ou pior, Mark Zuckerberg, Larry Page & Sergey Brin, Richard Branson, Jeff Bezos, Steve Jobs, Bill e Melinda Gates, Warren Buffett, Seth Godin, Tony Hsieh, Simon Sinek, e provavelmente milhares de startups que metem a cara estão mudando o mundo.

Não é surpresa que muitos deles são bilionários self-made. Como eu disse, o pagamento por escolher “mudar o mundo” pode ser grande

Pode te fazer milhões

É tudo escolhas e decisões e atitude. Nada errado. Só depende do que você quer, e por qual razão.

Paul Zane Pilzer disse que Milionários são feitos como um resultado de “escolhas e atitude”

E você

Você é um Frank ou um Matt?

Se você é mais parecido com Frank – então você tem uma decisão a fazer (releia a frase de Paul Arden)

Mas não importa o que você escolha, saiba que é a decisão certa (pra você).

Eu fiz a decisão que fiz porque na hora eu pensei que era a decisão certa. Eu não sabia que era um Frank. Eu não sabia como pensar como Matt

Em 2006 eu decidi mudar meu pensamento principal. Eu me tornei Matt. Essa foi minha decisão. Para mim, me recompensou. Massivamente

Eu escolhi dar a mínima, eu escolhi ser diferente, eu escolhi ter uma personalidade. Eu escolhi rejeitar o status quo. Eu escolhi manter meus valores principais e nunca “vende-los “

Eu escolhi mudar o mundo, mesmo que de uma maneira pequena

E você? Tem os culhões para jogar os dados. Talvez é hora de fazer a decisão certa.

André Chaperon

Artigo original publicado em frankvsmatt.com 

Compartilhar isso

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: